• JOSEMARBESSA.COM

    Sal e Luz! É a diferença e não semelhança!





    "Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo"Filipenses 2:15


    Ser sal e luz - não é, como tem sido propagado hoje para sermos relevantes - ser o mais parecido com o mundo possível - mas o oposto disso.


    Em ambas as metáforas do sal e da luz, Jesus ensina sobre a responsabilidade dos cristãos em uma sociedade não-cristã, ou sub-cristão, ou pós-cristã. E Ele enfatiza a diferença entre cristãos e não-cristãos, entre a igreja e o mundo, e não a semelhança. A distinção entre os dois é clara.


    O mundo, diz ele, é como a carne podre. Mas você deve ser o sal do mundo.


    O mundo é como uma noite escura, mas você deve ser a luz do mundo.


    Esta é a diferença fundamental entre o cristão e o não-cristão, a igreja e o mundo.


    Cristo continua e vai da distinção para  influência, não do mundo sobre a igreja, mas da igreja sobre o mundo.


    Como o sal na carne apodrecida, os cristãos estão aqui como fator de impedir, retardar a decadência da sociedade.


    Como a luz na escuridão predominante, os cristãos devem  iluminar a sociedade e mostrar um caminho melhor, que glorifica a Deus numa vida que reflete a Sua santidade.


    "E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." - Romanos 12:2

    0 comentários:

    Postar um comentário

     

    ADORAÇÃO

    SERMÕES

    CHARLES H. SPURGEON