• JOSEMARBESSA.COM

    Sensações, êxtases e percepções!




    Em 1539, Lutero comentando o Salmo 119 – O maior capítulo da Bíblia – uma declaração de amor inigualável a Palavra Escrita de Deus – diz: “Neste Salmo Davi diz continuamente que irá falar, pensar, conversar, escutar, ler dia e noite e constantemente, nada além da Palavra e dos Mandamentos de Deus, pois Deus quer dar-lhe seu Espírito somente pela Palavra Externa” – O Espírito Santo vem a nós e nos fala diretamente pela Palavra de Deus, pela revelação de Deus através da Bíblia.



    Lutero está dizendo que é fundamental você ver a Palavra de Deus como algo externo, fora do homem, objetiva e não subjetiva. Só sendo externa ela é objetiva e estável. Ele está fora de nós não podendo ser manipulado por nossos sentimentos, percepções...



    Muitas pessoas tem grandes dificuldades com Doutrinas claras porque tão somente se aproximam delas emocionalmente e não objetivamente. É por isso que a Palavra é Externa. O homem tão somente tem que ir a essa palavra humildemente e se alimentar com a Verdade absoluta que flui dela. Ou seja, se alimentar da mente de Deus e não de algo subjetivo em si mesmo. Ela é externa – não pode ser influenciada por nossos sentimentos, percepções, ou nossa suposta espiritualidade – é imutável – É um Livro selado. Não a igreja, nem os homens que se denominam grandes, ou nossos êxtases particulares, sentimentos, percepções...


    Não! A Palavra é externa a nós. Como Deus está acima da sua criação (da qual fazemos parte). Não é dentro que buscamos a Verdade – mas fora – num Livro – e por ele o Espírito nos liberta.

    0 comentários:

    Postar um comentário

     

    ADORAÇÃO

    SERMÕES

    CHARLES H. SPURGEON