• JOSEMARBESSA.COM

    Como sabemos que algo se transformou em uma cisterna rota?





    Quando adoramos algo além de Deus estamos fora da sincronia com o universo. Nesse caso Deus não é um dos motivos de satisfação, mas o centro de onde flui toda a satisfação, mesmo que mais nada existisse.

    “Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos. Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite mostra sabedoria a outra noite. Não há linguagem nem fala onde não se ouça a sua voz. A sua linha se estende por toda a terra, e as suas palavras até ao fim do mundo. Neles pôs uma tenda para o sol, O qual é como um noivo que sai do seu tálamo, e se alegra como um herói, a correr o seu caminho. A sua saída é desde uma extremidade dos céus, e o seu curso até à outra extremidade, e nada se esconde ao seu calor.” - Salmos 19:1-6


    Todo o céu, todos os anjos adoram a Deus: “Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam. E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória.” - Isaías 6:2-3

    Como sabemos que algo se transformou em uma cisterna rota? Onde está a linha entre um prazer saudável e um ídolo?


    “Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm águas.” -  Jeremias 2:1

    O mundo se esforça para que essa linha se torne cada vez mais tênue aos nossos olhos, a torna mais e mais sutil. Ele se aproxima  usando bons desejos, como se casar, excelência na vocação, excelência no trabalho, família, romance, filhos... Você foi capturado pela mente do mundo (criou ídolos) se você fica esmagado quando não consegue o que quer ou o que sonhou que te faria feliz. A promoção que não chega, o reconhecimento profissional, ministerial... o bônus que você antecipa a meses... essas coisas quebram sua alegria e satisfação?

    Você apostaria sua felicidade para conseguir o que quer. Todos a sua volta estão casando... casar fora dos parâmetros determinados por Deus para um cônjuge fazem teus olhos brilharem com a perspectiva da felicidade que você pode ter? Você fica amargo em pensar em nunca ter isso? Ah! Enfrente o fato, o que o casamento se tornou para você?

    Você se sente amargo por Deus não ter criado você com a beleza externa que muitas pessoas a sua volta parecem ter? Ah! Enfrente o fato, o que o padrão de beleza atual se tornou para você?

    Suas orações esquecem a humildade reverente quando a cura de uma doença física parece que não vai chegar? Você fica zangado e sente que merecia ser curado? Ah! Enfrente o fato o que a saúde se tornou para você?

    Quando bons presentes (casamento, filhos, beleza, cura, dinheiro...), se tornam cisternas rotas, eles se tornam mestres terríveis que nos consomem, e então a conspiração nos capturou e venceu.

    Nós precisamos desesperadamente do Espírito Santo para nos dar um profundo amor por Deus que expulsa todo amor menor e não subordinado ao AMOR que nos faz plenamente satisfeitos com tudo que Deus é para nós em Cristo. Pois isso nos dá completo poder sobre a conspiração, sobre nossos desejos idólatras em nossos sentimentos, pensamentos e ações. O Espírito em nós é puro contentamento: “Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.”Filipenses 4:12

    0 comentários:

    Postar um comentário

     

    ADORAÇÃO

    SERMÕES

    CHARLES H. SPURGEON