• JOSEMARBESSA.COM

    A ação de Deus nos ímpios e através deles - João Calvino (1509-1564).



    De conformidade com a primeira dessas maneiras de ação divina, parece ter sido dito isto: “Ele remove a palavra aos verazes e da razão priva os anciãos [12.20]; retira o entendimento àqueles que estão à frente do povo da terra, por lugar sem trilha os faz errar” [Jó 12.24]. Igualmente: “Qual a razão por que nos enlouqueceste, Senhor, e o coração nos endureceste, para que não te temamos?” [Is 63.17]. Ora, na verdade, estas passagens indicam antes que espécie de homens Deus os faz ao desertá-los, de modo que neles executa sua obra.



    Há, porém, outros testemunhos que vão além, os quais tratam do endurecimento de Faraó: “Endurecerei o coração de Faraó para que não vos ouça [Ex 7.34] e deixe o povo ir” [Ex 4.21]. Em seguida, diz haver-lhe feito pesado o coração e havê-lo enrijecido. Endureceu-o, não o amolecendo? De fato foi isso que aconteceu. Entretanto, Deus fez algo mais, pois o entregou a Satanás a fim de estribar seu coração na obstinação. Do quê havia dito antes: “Mas eu lhe endurecerei o coração” [Ex 4.21].



    O povo sai do Egito. Os habitantes da região vêm-lhe ao encontro com espírito hostil. Incitados de onde? Moisés assevera ao povo expressamente que fora o Senhor quem lhes endurecera o coração [Dt 2.30]. Além disso, narrando a mesma história, diz o Profeta que ele lhes volvera o coração para que tivesse seu povo em ódio [Sl 105.25]. Já não podes dizer que haviam tropeçado porque foram destituídos do conselho do Senhor. Ora, se eles são “endurecidos” e “volvidos”, logo são a isto mesmo deliberadamente inclinados.


    Além disso, sempre que lhe aprouve punir a transgressão do povo, como levou a bom termo sua obra mediante os réprobos? De tal modo que vejas que a eficiência do agir esteve nele e que eles simplesmente contribuíram com o desempenho. Pelo que, ora ameaçava convocá-los com seu assobio [Is 5.26; 7.18], ora usava os ímpios como uma rede para emaranhá-los [Ez 12.13; 17.20]; ora como um malho para ferir aos israelitas [Jr 50.23]. Mas, especialmente então declarou que não está neles ocioso, quando um machado chama a Senaqueribe, o qual, para cortá-los, fora não só designado, como também impulsionado por sua mão [Is 10.15]. Atiladamente, assim define Agostinho a matéria em certo lugar: “Que os maus pequem, isso eles fazem por natureza; porém que ao pecarem, ou façam isto ou aquilo, isso provém do poder de Deus, que divide as trevas conforme lhe apraz.”

    0 comentários:

    Postar um comentário

     

    ADORAÇÃO

    SERMÕES

    CHARLES H. SPURGEON